Arquivo da categoria: 2013

43º Banana Bowl teve plantio de árvores em Itajaí

Foto: Cristiano Andujar/Foto Arena

Foto: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC – O 43º Banana Bowl contou com a disputa de várias categorias desde o Tennis 10’s, com crianças de até 10 anos, passando pelas disputas de 12, 14, 16 e 18 anos, mas o evento que teve realização em Itajaí, Santa Catarina, e em São Paulo, também teve outras ações fora de quadra como o plantio de árvores do programa Carbono Zero.

Os tenistas Carolina Meligeni Alves e Marcelo Zormann, da categoria 18 anos, plantaram duas mudas da árvore Bouganvillia, típica da região de Itajaí, no Itamirim Clube de Campo, durante a realização do Banana Bowl.

Além de fazer o plantio, eles decidiram batizar as duas árvores plantadas fazendo alusão ao nome do torneio. A planta com a flor na cor rosa recebeu o nome de “Bananinha”, enquanto a árvore com a flor branca foi chamada de “Bowl” pelos dois tenistas, que prometeram voltar para ver como estarão as árvores em 2014 no Itamirim Clube de Campo.

O 43º Banana Bowl foi realizado entre os dias 9 e 17 de março no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí, e no Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo.

Anúncios

Confira fotos das finais da categoria 18 anos do 43º Banana Bowl

Johan Tatlot e Louisa Chirico são os campeões de 18 anos do 43º Banana Bowl

Os campeoes Johan Sebastien Tatlot (FRA) e Louisa Chirico (USA). Premiacao 18 anos, Banana Bowl, no Itamirim Clube de Campo. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Os campeoes Johan Sebastien Tatlot (FRA) e Louisa Chirico (USA). Premiacao 18 anos, Banana Bowl, no Itamirim Clube de Campo. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 16 de março de 2013 – O 43º Banana Bowl conheceu neste domingo seus dois mais novos campeões da categoria 18 anos, com as conquistas da norte-americana Louisa Chirico na chave feminina e do francês Johan Sebastien Tatlot na chave masculina no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí.

Louisa Chirico enfrentou a italiana Alice Matteucci na final feminina e não teve dificuldades para vencer a partida e conquistar o título com parciais de 6/1 e 6/1. Louisa Chirico obteve o sexto título de uma tenistas dos Estados Unidos na chave feminina de 18 anos do Banana Bowl, se juntando a Meilen Tu, Lilia Osterloh, Sarah Taylor e Beatrice Capra.

“Estou muito contente por ter vencido meu primeiro torneio ITF, foi muito legal. Eu joguei muito bem hoje, então estou muito feliz e muito empolgada. Estou com 16 anos e ainda posso jogar este torneio mais algumas vezes. É um grande torneio, eu gosto muito de jogar aqui, adoro o saibro e, sim, eu vou jogar”, afirmou Louisa Chirico logo após sua conquista.

O francês Johan Sebastien Tatlot enfrentou o principal favorito ao título, o italiano Gianluigi Quinzi, atual número 3 do ranking mundial ITF. Mais jovem que o adversário, Tatlot não se intimidou e conseguiu se impor para sair com o título de 18 anos masculino ao vencer com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2.

Tatlot se tornou o terceiro tenista francês a conquistar um título da categoria 18 anos do Banana Bowl, se juntando a Paul-Henri Mathieu, campeão em 1999, e Mathias Bourgue, em 2001.

“Foi incrível para mim, foi excitante e inacreditável porque eu joguei muito bem nesta semana. Sim, eu voltarei no ano que vem com certeza para defender o meu título”, afirmou Johan Tatlot após a premiação.

Confira abaixo os resultados da categoria 18 anos neste sábado:

Semifinais – 18 anos masculino
Gianluigi Quinzi (ITA) d. Maxime Hamou (FRA), 1/6 6/3 7/5
Johan Sebastien Tatlot (FRA) d. Juan Pablo Varillas (PER), 6/3 6/2

Final – 18 anos feminino
Louisa Chirico (EUA) d. Alice Matteucci (ITA), 6/1 6/1

Final – 18 anos masculino
Johan Sebastien Tatlot (FRA) d. Gianluigi Quinzi (ITA), 6/3 1/6 6/2

Thaisa Pedretti e Luisa Stefanie jogam finais de 14 e 16 anos do 43º Banana Bowl

Thaisa Pedretti disputa a final da categoria 14 anos feminino. Foto: Alexandre Carvalho

Thaisa Pedretti disputa a final da categoria 14 anos feminino. Foto: Alexandre Carvalho

São Paulo, 16 de março de 2013 – O Brasil terá duas representantes nas finais dos 14 e 16 anos do 43º Banana Bowl, mais tradicional torneio infanto juvenil do país, que está sendo disputado no Clube Paineiras do Morumby, na capital paulista.

Neste domingo, a partir das 10h, a paulista Thaísa Pedretti, cabeça de chave 3, busca o título dos 14 anos diante da colombiana Emiliana Arango, cabeça 6, enquanto a também paulista Luisa Stefani, convidada da organização, enfrenta a argentina Agustina Zamprogno, cabeça 1, pelo título dos 16 anos.

Nas semifinais, neste sábado, Pedretti desbancou a principal favorito ao título dos 14 anos, garantindo sua vaga na final ao anotar um duplo 6/2. “Foi mais fácil do que eu esperava. Ela (Sofia) não estava num bom dia. Joguei bem, estava melhor mentalmente”, afirmou a paulista, que venceu as etapas do Equador e Paraguai do Circuito Cosat.

Nos 14 anos masculino, a decisão será portenha, entre os argentinos Camilo Ugo e Juan Otegui. O paulista Gabriel Decamps não conseguiu avançar à final, sendo derrotado por Otegui, por duplo 6/2.

Nos 16 anos, Luisa Stefani não desperdiçou o wild card recebido pela organização do torneio. A paulista, que treina nos Estados Unidos, bateu nas semifinais a quinta favorita, a paraguaia Lara Escauriza, por 6/0 6/3.

“Estou contente com meu jogo, estou jogando bem. Hoje a menina estava errando bastante e eu consegui me soltar”, afirmou Stefani.

Na decisão, a brasileira encara a argentina Agostina Zamprogno, principal favorita ao título. “Quero jogar bem confiante, com meu melhor nível de tênis. Quero dar o meu melhor para conseguir a vitória”, contou a tenista que treina na academia de Saddlebrook, no estado da Flórida.

No masculino, o argentino Agustin Torreano e o peruano Juan Rosas vão decidir o título da categoria. O baiano José Evaldo Neto foi parado na semifinal por Torreano, por 6/2 6/4.

Confira abaixo a programação deste domingo com as finais do Banana Bowl em São Paulo:

A partir das 10h

Final 14 anos masculino
Camilo Ugo (ARG) vs Juan Otegui (ARG)

Final 14 anos feminino
Thaisa Pedretti (BRA) vs Emiliana Arango (COL)

Não antes das 11h

Final 16 anos masculino
Agustin Torreano (ARG) vs Juan Rosas (PER)

Final 16 anos feminino
Agustina Zamprogno (ARG) vs Luisa Stefanie (BRA)
Confira os resultados das semifinais neste sábado:


14 anos feminino
Thaisa Pedretti (BRA) d. Sofia Munera (COL), 6/2 6/2
Emiliana Arango (COL) d. Arianna Stagni (PAR), 7/6(5) 6/3

14 anos masculino
Camilo Ugo (ARG) d. Tomaz Etcheverry (ARG), 6/4 6/2
Juan Otegui (ARG) d. Gabriel Decamps (BRA), 6/2 6/2

16 anos feminino
Agustina Zamprogno (ARG) d. Florencia Rossi (URU), 6/1 2/6 6/3
Luisa Stefani (BRA) d. Lara Escauriza (PAR), 6/0 6/3

16 anos masculino
Agustin Torreano (ARG) d. José Evaldo Neto (BRA), 6/2 6/4
Juan Rosas (PER) d. Franco Capalbo (ARG), 3/6 6/4 6/4

Final duplas 14 anos masculino
Juan Otegui (ARG)/Camilo Ugo (ARG) d. Tomás Etcheverry (ARG)/Nícolas Acevedo (CHI), W.O.

Final duplas 14 feminino
Emiliana Arango (COL)/Sofia Munera (COL) d. Mária Carle (ARG)/Maria Portillo (MEX), 7/5 6/4

Final duplas 16 anos masculino
Juan Ficovich (ARG)/Federico Herrera (ARG) d. José Evaldo Neto (BRA)/Gabriel Sidney (BRA), 6/3 6/3

Final duplas 16 anos feminino

Daniela Ramirez (VEN)/Laura Arciniegas (COL) d. Erika Pereira (BRA)/Maria Clara Da Silva (BRA), 6/4 7/6(6)

Brasil tem representantes em todas as semifinais de 14 e 16 anos em simples

Gabriel Decamps durante a 43ª edição do Torneio Banana Bowl de Tênis infanto-juvenil, disputado no Clube Paineras do Morumby. Foto: Alexandre Carvalho / Fotoarena

Gabriel Decamps durante a 43ª edição do Torneio Banana Bowl de Tênis infanto-juvenil, disputado no Clube Paineras do Morumby. Foto: Alexandre Carvalho / Fotoarena

São Paulo, 15 de março de 2013 – Quatro tenistas brasileiros se classificaram para as semifinais dos 14 e 16 anos do 43o. Banana Bowl, que está sendo disputado no Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo. As semifinais serão jogadas a partir das 10h deste sábado,

Pelos 16 anos masculino, o baiano José Evaldo Neto conquistou boa virada diante do chileno Geronimo Barrios e garantiu presença nas semifinais por 2 sets a 1, parciais de 4/6, 6/2 e 6/3.

“Venho treinando bastante para o Banana Bowl e o resultado desta semana acaba sendo consequência do trabalho. Estou dando o meu melhor”, afirmou o baiano que treina no Instituto Gaúcho de Tênis, em Porto Alegre, há cinco meses.

Por vaga na decisão, o brasileiro de 15 anos encara o argentino Agustin Torreano, principal favorito ao título da competição e vencedor de das etapas do Chile e Paraguai no Circuito Cosat. “É um adversário forte, perigoso, mas eu sei que tenho condições de vencê-lo e ir à final”, avalia Evaldo Neto.

Nos 16 anos feminino, a paulista Luisa Stefani teve mais uma boa atuação e superou a compatriota Lara Soares, cabeça de chave número 3, pelo placar de 6/2 e 6/4.  A brasileira, que mora e treina nos Estados Unidos, desafia a paraguaia Lara Escauriza, que venceu a venezuelana Daniela Ramirez, cabeça 2, por 7/6(9) e 6/2.

Terceira colocada do ranking sul-americano dos 14 anos feminino, a paulista Thaísa Pedretti venceu com facilidade a chilena Valeria Ramirez por 2 sets a 0, parciais de 6/2 e 6/0. “Venho jogando bem, tendo um bom desempenho durante a semana e hoje consegui jogar bem de novo”, avalia a Pedretti.

Na semifinal, a campeã das etapas do Paraguai e Equador desafia a colombiana Sofia Munera, cabeça 1. “Eu já joguei com a Sofia, ganhei na final do Equador e perdi na final no Chile”, conta a tenista que treina no Instituto Tênis em São Paulo.

Pela chave masculina dos 14 anos, o paulista Gabriel Decamps venceu o chileno Matias Soto, favorito número 3, pelo placar de 6/3 e 6/0. Em busca de uma vaga na decisão, o brasileiro enfrenta o tenista Juan Otegui, da Argentina e segundo principal favorito.

 

Confira os resultados das quartas de final desta sexta:

16 anos masculino

Agustin Torreano (ARG) d. Rodrigo Banzer (BOL), 6/4 6/1

José Evaldo Neto (BRA) d. Geronimo Barrios (CHI), 4/6 6/2 6/3

Franco Capalbo (ARG) d. Gabriel Sidney (BRA), 6/3 7/5

Juan Rosas (PER) d. Manuel Arias (COL), 6/4 6/4

 

16 anos feminino

Agustina Zamprogno (ARG) d. Laura Arcinieras (COL), 6/0 6/2

Florencia Rossi (URU) d. Erika Pereira (BRA), 6/4 6/4

Luísa Stefani (BRA) d. Lara Soares (BRA), 6/2 6/4

Lara Escauriza (PAR) d. Daniela Ramirez (VEN), 7/6(9) 6/2

 

14 anos masculino

Camilo Ugo (ARG) d. Nicolas Acevedo (CHI), 6/0 6/3

Tomaz Etcheverry (ARG) d. Andres Donayre (PER), 6/1 6/3

Gabriel Decamps (BRA) d. Matias Soto (CHI), 6/3 6/0

Juan Otegui (ARG) d. Javier Rodriguez (PER), 6/1 6/3

 

14 anos feminino

Sofia Munera (COL) d. Lys Chileno (PAR), 6/1 6/3

Thaísa Pedretti (BRA) d. Valeria Ramirez (CHI), 6/2 6/0

Emiliana Arango (COL) d. Maria José Portillo (MEX), 6/1 6/4

Ariana Stagni (PAR) d. Daniela La Fuente (BOL), 6/1 6/3

Alice Matteucci e Louisa Chirico decidem título da categoria 18 anos feminino

Alice Matteucci disputa a final em Itajaí. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Alice Matteucci disputa a final em Itajaí. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 15 de março de 2013 – A italiana Alice Matteucci e a norte-americana Louisa Chirico decidem neste sábado o título do 43º Banana Bowl em um duelo inédito no circuito ITF Juniors.

Alice Matteucci venceu nesta sexta-feira a semifinal contra a argentina Constanza Vega com parciais de 6/4 e 6/1 para tentar ser a primeira tenista italiana a vencer o Banana Bowl nos 43 anos de história do torneio.

“Gostei muito daqui, é minha primeira vez no Brasil e é muito bom. O país e as pessoas são muito amistosas e o torneio eu gostei muito.  Joguei uma partida muito boa, pois minha adversária era boa, eu havia perdido para ela na semana passada com 7/6 no terceiro set da semifinal, então estou muito feliz”, afirmou Matteucci logo após sair de quadra.

Louisa Chirico disputa pela segunda vez o Banana Bowl e conquistou a classificação para a final ao vencer a compatriota Nicole Frenkel com parciais de 6/2 e 6/1. Ela tenta ser a sexta tenista a vencer a chave feminina de 18 anos do Banana Bowl. A última norte-americana a levar o título foi Beatrice Capra, em 2010.

“Eu joguei uma boa partida hoje, estou bastante empolgada para a final amanhã. É a minha primeira final da ITF . Será a primeira vez que eu jogo com ela, vou jogar meu jogo e ver o que acontece”, afirmou Chirico, que é natural de Nova York e vem de uma geração de tenistas de saibro dos Estados Unidos. “Eu adoro o saibro daqui”, afirma a finalista.

A chuva que prejudicou a programação do Banana Bowl neste fim de semana em Itajaí acabou adiando as semifinais de duplas, que acontecem neste sábado, a partir das 11h, com o italiano Gianluigi Quinzi e o francês Maxime Hamou se enfrentando na quadra 3, enquanto o francês Johan Sebastien Tatlot enfrenta o peruano Juan Pablo Varillas na quadra 2, lembrando que as quadras podem ser alteradas em caso de chuva.

Laura Ucros e Constanza Vega são campeãs de duplas na categoria 18 anos feminino

Ingrid Gamarra Martins e Beatriz Haddad Maia ficaram com o vice-campeonato de duplas ao perderem para Laura Ucros e Constanza Vega. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Ingrid Gamarra Martins e Beatriz Haddad Maia ficaram com o vice-campeonato de duplas ao perderem para Laura Ucros e Constanza Vega. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 15 de março de 2013 – O 43º Banana Bowl teve nesta sexta-feira a definição das duplas campeãs e das finalistas na chave feminina da categoria 18 anos no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí, que teve partidas em quadras cobertas devido à chuva que atrapalhou a programação durante todo o dia na cidade catarinense.

Na final de duplas as brasileiras Beatriz Haddad Maia e Ingrid Gamarra Martins ficaram com o vice-campeonato após perderem uma disputa equilibrada com a parceria formada pela colombiana Laura Ucros e a argentina Constanza Vega por 2 sets a 1, com parciais de 6/4, 3/6 e 10-7.

“É um título muito importante, ganhar um torneio tanto em simples como em duplas é ótimo, ainda mais aqui no Brasil que é um país que gosto muito. É muito bom jogar aqui, na minha opinião os torneios do Brasil, Banana e Gerdau, são os melhores da Gira”, afirmou a argentina Constanza Vega.

“Estou muito feliz de estar aqui no Brasil, me sinto em casa. É muito especial e estouorgulhosa de poder ganhar aqui o Banana Bowl. É um orgulho e uma felicidade muito grandes”, completou Laura Ucros.

Mesmo sem o título, Bia e Ingrid saíram satisfeitas após voltarem a colocar uma dupla formada por duas brasileiras na final do Banana Bowl pela primeira vez desde 1997 e esperam buscar na Copa Gerdau o título que escapou em Itajaí.

“A gente está muito feliz pela final. O jogo foi muito legal, a torcida estava com a gente, a energia estava muito boa. O bacana é que a gente sabia que seria um jogo duro, mas mantivemos um padrão bom o jogo inteiro. Uma tinha que ganhar, mérito delas”, afirmou Beatriz Haddad Maia.

Kozlov e Papa são campeões de duplas na categoria 18 anos

Spencer Papa (USA) e Stefan Kozlov (USA) são campeões de duplas de 18 anos no Banana Bowl. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Spencer Papa (USA) e Stefan Kozlov (USA) são campeões de duplas de 18 anos no Banana Bowl. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 15 de março de 2013 – Na final masculina de duplas o título ficou com uma dupla norte-americana, formada por Spencer Papa, campeão de simples no ano passado, e Stefan Kozlov, considerado uma das grandes promessas do tênis nos Estados Unidos.

Stefan Kozlov e Spencer Papa venceram a parceria formada pelo argentino Pedro Cachin e o francês Quentin Halys por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 6/3 e 10-7.

Brasileiras decidem título de duplas na categoria 18 anos do 43º Banana Bowl

Ingrid Gamarra Martins/Beatriz Haddad Maia (BRA) na Semi-Final de Duplas 18 anos, Banana Bowl, no Itamirim Clube de CampoItajai-SC-Brasil - 14/03/2013Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Ingrid Gamarra Martins/Beatriz Haddad Maia (BRA) avançam para a final do Banana Bowl, no Itamirim Clube de Campo
Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 14 de março de 2013 – O 43º Banana Bowl teve nesta quinta-feira a eliminação do brasileiro Marcelo Zormann nas quartas de final da chave masculina de 18 anos, mas as brasileiras Beatriz Haddad Maia e Ingrid Gamarra Martins garantiram a classificação para representar o país na decisão feminina de duplas.

Marcelo Zormann fez uma partida de alto nível com o francês Maxime Hamou, mas acabou sendo inferior nos momentos decisivos e foi eliminado nas quartas de final com parciais de 6/3, 3/6 e 6/3.

Em uma semifinal com brasileiras dos dois lados da quadra, Beatriz Haddad Maia e Ingrid Gamarra Martins conseguiram a vitória de virada sobre a parceria formada por Caroline Meligeni Alves e a norte-americana Dasha Ivanova por 2 sets a 1, com 3/6, 6/0 e 10-4.

“No primeiro set a gente caiu um pouco, as meninas jogaram bem, foi mérito delas, mas no segundo a gente entrou mais ligada, mexendo mais as pernas, vibrando mais e isso fez a diferença”, afirma Beatriz Haddad Maia.

Na final, que acontece a partir das 16h30 (de Brasília), a dupla brasileira enfrenta a parceria formada pela colombiana Laura Ucros e a argentina Constanza Vega.

“Será um jogo duro. Temos que entrar como em todos os dias, nos impondo, usando o nosso forte que é o saque, entrar na rede, fazer o que a gente está fazendo desde o começo da semana e o resultado vem com a nossa atitude, com as nossas condições”, analisa Bia.

“São boas jogadoras, habilidosas. Vai ser um bom jogo e nós vamos dar o melhor da gente para sairmos campeãs”, completa Ingrid.

Caso conquistem o título de duplas do Banana Bowl, Bia e Ingrid quebram um jejum de cinco anos sem uma brasileira campeã de duplas. A última foi Roxane Vaisemberg ao lado da argentina Tatiana Bua em 2007. Desde 1997 uma dupla formada apenas por jogadoras brasileiras não chegava à decisão da categoria 18 anos. A última foi formada por Joana Cortez e Simone Jardim, há 16 anos.

Semifinais de simples definidas em Itajaí

O italiano Gianluigi Quinzi confirmou o seu favoritismo nesta quinta-feira e derrotou o chileno Bastian Malla com duplo 6/2 para se garantir na semifinal para enfrentar o francês Maxime Hamou, que venceu o brasileiro Marcelo Zormann. A outra semifinal masculina será entre o francês Johan Sebastien Tatlot e o qualifier peruano Juan Pablo Varillas.

Já a chave feminina foi marcada por surpresas na definição das semifinais, com duas cabeças de chave eliminadas nas quartas de final, enquanto a qualifier Nicole Frenkel avançou para enfrentar Louisa Chirico. Do outro lado da chave, a argentina Constanza Vega eliminou a norte-americana Tornado Alicia Black e avançou para enfrentar a italiana Alice Matteucci.

As semifinais de simples da categoria 18 anos acontecem a partir das 14h (de Brasília) nas quadras 2 e 3 do Itamirim Clube de Campo, em Itajaí, com transmissão ao vivo da TV Tênis Brasil e entrada franca.

Confira abaixo a programação desta sexta-feira em Itajaí:

Itamirim Clube de Campo – Itajaí/SC

Categoria 18 anos

Quadra 3 – a partir das 14h
Alice Matteucci (ITA) [12] vs Constanza Vega (ARG) [15]
Gianluigi Quinzi (ITA) [1] vs Maxime Hamou (FRA) [13]
Não antes das 16h30 – final feminina de duplas
Ingrid Gamarra Martins (BRA)/ Beatriz Haddad Maia (BRA) vs Laura Ucros (COL)/Constanza Vega (ARG)
Não antes das 17h30 – final masculina de duplas
Stefan Kozlov (EUA)/Spencer Papa (EUA) vs Pedro Cachin (ARG)/Quentin Halys (FRA)

Quadra 2 – a partir das 14h
Nicole Frenkel (EUA) vs Louisa Chirico (EUA)
Johan Sebastien Tatlot (FRA) vs Juan Pablo Varillas (PER)

Categoria 12 anos

A partir das 8h30

12 anos feminino
Lorena Castellanos vs Vanessa Silvia
Caroline Furlaneto vs Bianca Muniz
Ana Luiza Cruz vs Paola Capigotto
Laura Wayerbacher vs MVictoria Marques
Maria Fernanda Menezes vs Giovanna Pereira
Giovana dos Santos vs Namie Isago
Rafaela Manfrin vs Catharina Azevedo
Giulia Chicata vs Alexandra Silva

Não antes das 9h30

12 anos masculino
Herick Isago vs João Pedro Ferreira
Jhonn Victor Guzman vs Mateus Alves
Carlos Oliveira vs Eduardo Almeida
Luis Felipe Berenguer vs Victor Batista
Bernardo Costa vs Vinicius Saleme
Natan Rodrigues vs Eduardo Dias
Matheus Almeida vs Rafael Barcelos
Guilherme Brizuela vs Jackson Xavier

Não antes das 10h30

12 anos feminino
Jogos a definir

Não antes das 11h30

12 anos masculino
Jogos a definir

Veja abaixo os resultados desta quinta-feira:

12 anos masculino

João Pedro Ferreira (MG) d. Tiago Manfrin (RS), 6/0 6/3
Jhonn Victor Guzman (SP) d. Pedro Cavalleiro (RJ), W.O.
Eduardo Almeida (PR) d. Gustavo Gil (MG), W.O.
Luiz Felipe Berenguer (BA) d. Gustavo Andrioli (PR), 6/2 6/2
Vinicius Saleme (SC) d. Guilherme Toresan (RS),7/6(3) 4/0 RET
Natan Rodrigues (BA) d. Antonio Sasso (RS), 6/0 6/0
Rafael Barcelos (PR) d. Matheus Queiroz (SP), 6/4 6/1
Lucas Batista (PE) d. Guilherme Brizuela (PR), 6/3 7/5

12 anos feminino

Vanessa Silva (PR) d. Sabrina Campigotto (SC), 6/2 6/0
Caroline Furlaneto (SP) d. Gabriela Herwig (RS), 5/4 RET
Paola Campigotto (SC) d. Roberta Garcia (SP), 6/0 6/2
Giovanna Pereira (MG) d. Tamara Silva (RJ), 6/0 6/1
Giovana Santos (SP) d. Gabriela Marcolin (PR), 6/2 6/3
Catharina Azevedo (BA) d. Melissa Santos (SC), 6/0 6/0

Categoria 18 anos

Simples masculino
Gianluigi Quinzi (ITA) [1] d. Bastian Malla (CHI), 6/2 6/2
Maxime Hamou (FRA) [13] d. Marcelo Zormann (BRA) [11], 6/3 3/6 6/3

Johan Sebastien Tatlot (FRA) [12] d. Thai-Son Kwiatkowski (EUA)[4], 7/6(8) 7/6(10)
Juan Pablo Varillas Patino Samudio (PER) d. Nicolas Jarry (CHI), 7/6(4) 6/4

Simples feminino
Louisa Chirico (EUA) d. Marika Akkerman (CAN) [16], 7/6(5) 6/2
Alice Matteucci (ITA) [15] d. Rianna Valdes (EUA), 6/3 6/2

Constanza Vega (ARG) [12] d. Tornado Alicia Black (EUA), 6/4 6/0
Nicole Frenkel (EUA) d. Christina Makarova (EUA) [1], 6/3 2/6 6/1

Duplas masculino
Pedro Cachin (ARG)/Quentin Halys (FRA) d. Rafael Matos (BRA)/Marcelo Zormann (BRA), 2/6 7/6(9) 11-9
Stefan Kozlov (EUA)/Spencer Papa (EUA) d. Maxime Hamou (FRA)/Johan Sebastien Tatlot (FRA), 6/2 6/4

Duplas feminino
Ingrid Martins (BRA)/Beatriz Haddad Maia (BRA) d. Carolina Meligeni Alves/Dasha Ivanova (EUA), 3/6 6/0 10-4
Laura Ucros (COL)/Constanza Vega (ARG) d. Harriet Dart (GBR)/Christina Makarova (EUA), 7/5 6/0

Cinco brasileiros avançam às oitavas de final da categoria 16 anos masculino

 

Fernando Yamacita avança no Banana Bowl. Foto: Alexandre Carvalho/Foto Arena

Fernando Yamacita avança no Banana Bowl. Foto: Alexandre Carvalho/Foto Arena

São Paulo, 14 de março de 2013 – O Brasil possui cinco tenistas garantidos nas oitavas de final do Banana Bowl na categoria 16 anos masculino, realizado nas quadras de saibro do Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo.

Na tarde desta quinta-feira, Guilherme Scarpelli, Fernando Yamacita, José Evaldo Neto, Gabriel Sidney e Gabriel Dias tiveram boas atuações e avançaram para as oitavas de final do Banana Bowl.

Brasileiro mais bem ranqueado na categoria 16 anos, o baiano José Evaldo Neto teve vitória fácil contra o catarinense João Hinshing. Evaldo Neto encara o argentino Genaro Olivieri, algoz do brasileiro Francisco Costa.

O paulista Guilherme Scarpelli, que entrou na chave principal graças ao wild card, derrotou o chileno Marcelo Barros, cabeça de chave número 16, pelo placar de 1/6, 7/6(4) e 6/3. Scarpelli desafiará o argentino Agustín Torreano, principal favorito ao título do torneio.

O paranaense Fernando Yamacita precisou de três sets para superar o compatriota Marcelo Dib e agora enfrenta o boliviano Rodrigo Banzer, cabeça de chave número 5. O outro paranaense Gabriel Sidney venceu Felipe Meligeni Alves e agora encara Federico Herrera, da Argentina, que passou pelo brasileiro Igor Marcondes. O catarinense Gabriel Dias superou o uruguaio Lucas Monterroso e  tem pela frente o argentino Franco Capalbo, que venceu o brasileiro João Souza com as parciais de 6/2 e 6/4.

Confira todos os resultados da rodada.

Agustin Torreano (ARG) d. Carlos Macias (EQU), 6/0 6/1

Guilherme Scarpeli (BRA) d. Marcelo Barros (CHI), 1/6 7/6(4) 6/3

Fernando Yamacita (BRA) d. Marcelo Dib (BRA), 3/6 6/4 6/1

Rodrigo Banzer (BOL) d. Nicolas Ventura (CHI), 7/5 6/1

Juan Ficovich (ARG) d. Antonioni Fasano (BRA), 3/6 6/4 7/5

Geronimo Barrios (CHI) d. Rodrigo Hadlich (BRA), 6/3 6/4

Genaro Olivieri (ARG) d. Francisco Costa Neto (BRA), 6/0 6/3

José Evaldo Neto (BRA) d. João Hinshing (BRA),  6/2 6/4

Federico  Herrera (ARG) d. Igor Marcondes (BRA), 6/4 6/4

Gabriel Sidney (BRA) d. Felipe Alves (BRA), 6/2 6/3

Gabriel Dias (BRA) d. Lucas Monterroso (URU), 6/2 6/0

Franco Capalbo (ARG) d. João Souza (BRA), 6/2 6/4

Manuel Arias (COL) d. Igor Schattan (BRA), 7/5 6/0

Santiago Foschiatti (ARG) d. Juan Cruz Moncada (ARG), 7/6(9) 6/3

%d blogueiros gostam disto: