Allgurin e Danilina confirmam domínio europeu e duelam na final do Banana Bowl

Ellen Allgurin (foto) joga a final contra Anna Danilina

A sueca Ellen Allgurin, de 17 anos, e a cazaque Anna Danilina, de 16 anos, duas jovens representantes do tênis ofensivo, decidem neste sábado, às 13h (de Brasília) o título de simples feminino da categoria 18 anos do 42º Banana Bowl na quadra central do Itamirim Clube de Campo, em Itajaí.

Cabeça de chave 9 do torneio, Danilina tem menos experiência, mas fez uma campanha na qual perdeu apenas um set passando por adversárias como a norte-americana Katrine Steffensen, a argentina Victoria Bosio, a ucraniana Marianna Zakarlyuk e finalmente a norte-americana Chalena Scholl.

Scholl vinha de dois títulos da Gira Cosat, no Paraguai e no Uruguai, ambos diante da brasileira Beatriz Haddad Maia, mas foi superada na disputa da semifinal por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/5.

Do outro lado da chave, a sueca Ellen Allgurin mostrou um jogo eficiente e chegou à decisão com o total de 15 games perdidos em cinco partidas, sem ceder nenhum set diante da britânica Georgina Sellyn, a mexicana Mariana Zacarias, a equatoriana Domenica Gonzalez e a argentina Maria Vega, vencida com parciais de 6/2 e 6/0 na semifinal.

Allgurin e Danilina já demonstraram talento em outros eventos, não à toa que a sueca tem a carreira agenciada pela Octagon e no ano passado disputou seu primeiro WTA em Bastad, na Suécia. Danilina nasceu na Rússia, onde mora até hoje, mas foi procurada por dirigentes do Cazaquistão e passou a defender o país. Ela joga embalada pelo título de duplas do Banana Bowl, que conquistou ao lado da polonesa Zuzana Maciejewska nesta sexta-feira com parciais de 6/1 e 6/2.

No único duelo disputado pelas europeias, Ellen Allgurin saiu vencedora em março do ano passado em Manila, nas Filipinas, em 2 sets a 1, com parciais de 7/5, 6/7(3) e 6/4.

“Eu gosto de jogar no saibro, é meu piso favorito e eu gosto de estar aqui no Brasil e chegar à final é bom para mim, tem um bom clima, tudo é bom. A semifinal foi uma partida dura para mim, joguei o primeiro set muito bem, e no segundo set minha adversária jogou muito bem, mas talvez eu tenha tido mais sorte e ganhei a partida”, afirma Anna Danilina, 37ª do ranking mundial juvenil da ITF.

Comparada por muitos à russa Maria Sharapova devido ao porte físico e ao jogo agressivo, Ellen Allgurin promete demonstrar um jogo veloz e ofensivo para buscar o título do 42º Banana Bowl em Itajaí.

“Estou me sentindo bem, vou tentar jogar agressiva, fazer o meu jogo. muitas pessoas dizem que eu pareço com Sharapova, Hantuchova e Wozniacki, mas acho que deve ser porque eu sou loira”, brinca a tenista sueca que ocupa a 31ª posição no ranking juvenil ITF.

Resultados
Anna Danilina d.  Chalena Scholl (EUA), 6/3 7/5
Ellen Allgurin d. Maria Vega (ARG), 6/2 6/0

Anúncios

Publicado em 16/03/2012, em 18 anos, 2012 e marcado como , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: