Fernando Procópio, da Procópio Ferraz

Crédito: TV Tenista

Eduarda Piai e Nathaly Kurata, campeãs de duplas

Crédito: TV Tenista

Marcos Cardone, da AGCTênis

Crédito: TV Tenista

Rodrigo Drysdale, do Clube de Campo São Paulo

Crédito: TV Tenista

Andrea Benitez, vice-campeã do Circuito de Charme 2013

Crédito: TV Tenista

Gabriela Cé, campeã de simples do Circuito de Charme 2013

Crédito: TV Tenista

43º Banana Bowl teve plantio de árvores em Itajaí

Foto: Cristiano Andujar/Foto Arena

Foto: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC – O 43º Banana Bowl contou com a disputa de várias categorias desde o Tennis 10’s, com crianças de até 10 anos, passando pelas disputas de 12, 14, 16 e 18 anos, mas o evento que teve realização em Itajaí, Santa Catarina, e em São Paulo, também teve outras ações fora de quadra como o plantio de árvores do programa Carbono Zero.

Os tenistas Carolina Meligeni Alves e Marcelo Zormann, da categoria 18 anos, plantaram duas mudas da árvore Bouganvillia, típica da região de Itajaí, no Itamirim Clube de Campo, durante a realização do Banana Bowl.

Além de fazer o plantio, eles decidiram batizar as duas árvores plantadas fazendo alusão ao nome do torneio. A planta com a flor na cor rosa recebeu o nome de “Bananinha”, enquanto a árvore com a flor branca foi chamada de “Bowl” pelos dois tenistas, que prometeram voltar para ver como estarão as árvores em 2014 no Itamirim Clube de Campo.

O 43º Banana Bowl foi realizado entre os dias 9 e 17 de março no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí, e no Clube Paineiras do Morumby, em São Paulo.

Thaísa Pedretti e Luisa Stefani são campeãs do Banana Bowl

Luisa Stefani foi campeã sem perder um set em São Paulo   Crédito: Alexandre Carvalho/Fotoarena

Luisa Stefani foi campeã sem perder um set em São Paulo Crédito: Alexandre Carvalho/Fotoarena

São Paulo, 17 de março de 2013 – As paulistas Thaísa Pedretti, nos 14 anos, e Luisa Stefani, nos 16 anos, conquistaram neste domingo chuvoso o título do 43o. Banana Bowl, um dos principais torneios infanto-juvenis do país, realizado no Clube Paineiras do Morumby, na capital paulista. No masculino, os títulos ficaram com o argentino Camilo Ugo (14 anos) e Agustin Torreano (16 anos).

A programação deste domingo começou nas quadras descobertas, com os 14 anos em quadra, mas os jogos tiveram que ser transferidos para as quadras cobertas do Paineiras, devido à chuva intermitente.

Thaísa Pedretti conquistou grande vitória, de virada, na decisão dos 14 anos ao superar a colombiana Emiliana Arango por 2 sets a 1, parciais de 5/7, 7/6 e 6/1.

“Foi um jogo muito duro. Perdi o primeiro set. No segundo set estava 5/3 para ela no tiebreak. Dei tudo de mim, não sei como tirei forças. A torcida me ajudou muito. Foi um pouco por causa deles que eu ganhei. Estou muito feliz”, comemorou a tenista de 13 anos.

Este é o terceiro troféu de Circuito Cosat de Pedretti na temporada. A líder do ranking nacional dos 14 anos conquistou as etapas do Equador e Paraguai, além do vice-campeonato no Chile. “Estou muito contente com a temporada e muito feliz com meu tênis”, complementou a paulista que treina no Instituto Tênis, em Alphaville, na Grande São Paulo.

No masculino, o argentino Camilo Ugo, cabeça de chave 1, confirmou o favoritismo e sagrou-se campeão da competição ao superar o compatriota Juan Otegui, por 2 sets a 0, parciais de 7/6(3) e 6/4.

Nos 16 anos, a brasileira Luisa Stefani teve uma semana de alto nível de tênis e conquistou o título do Banana Bowl sem perder nenhum set. Convidada da organização, na decisão, ela derrotou a argentina Agustina Zamprogno, cabeça 1, por duplo 6/1.

“Eu me preparei bem. No começo eu estava um pouco nervosa, mas consegui me soltar bem. Tentei jogar com mais confiança possível, bem focada”, avaliou Stefani.

“Eu não esperava jogar tão bem assim, mas esperava jogar bem. Achei que ela fosse jogar melhor, mas eu consegui travar um pouco do jogo dela. Joguei meu melhor tênis a semana inteira”, comemorou a tenista que mora nos Estados Unidos.

No masculino, o argentino Agustin Torreano ratificou o condição de principal favorito e na final venceu, de virada, o peruano Juan Rosas, por 6/1, 4/6 e 6/4.

DUPLAS – Os títulos de duplas, disputados na tarde de sábado, ficaram com os estrangeiros. Nos 14 anos feminino, as colombianas Emiliana Arango e Sofia Munera derrotaram a parceria formada pela argentina Maria Lourdes Carle e a mexicana Maria José Portillo, por 7/5 e 6/4. No masculino, o título ficou com os argentinos Juan Otegui e Camilo, que venceram por wo a dupla do chileno Nicolas Acevedo e do argentino Tomas Etcheverry.

Nos 16 anos, o Brasil ficou com dois vice-campeonatos. No feminino, vitória foi da colombiana Laura Harciniegas e da venezuelana Daniela Ramirez sobre a dupla brasileira Erika/Pereira e Maria Clara Silva, por 6/4 e 7/6(6). No masculino, os argentinos Juan Ficovich e Federico Herrera marcaram duplo 6/3 diante dos brasileiros José Evaldo Neto e Gabriel Sidney.

43o. Banana Bowl – Resultados finais:

14 anos feminino
Thaísa Pedretti (BRA) d. Emiliana Arango (COL) – 5/7 7/6 6/1

14 anos masculino
Camilo Ugo (ARG) d. Juan Otegui (ARG) – 7/6(3) 6/4

16 anos feminino
Luisa Stefani (BRA) d. Agustina Zamprogno (ARG) – 6/1 6/1

16 anos masculino
Agustin Torreano (ARG) d. Juan Rosas (PER) – 6/1 4/6 6/4

14 anos feminino – duplas
Emiliana Arango/Sofia Munera (COL) d. Maria Lourdes Carle (ARG)/Maria José Portillo (MEX) – 7/5 6/4

14 anos masculino – duplas
Juan Otegui/Camilo Ugo (ARG) d. Nicolas Acevedo (CHI)/Tomas Etcheverry (ARG) – wo

16 anos feminino – duplas
Laura Harciniegas (COL)/Daniela Ramirez (VEN) d. Erika Pereira/Maria Clara Silva (BRA) – 6/4 7/6(6)

16 anos masculino – duplas
Juan Ficovich/Federico Herrera (ARG) d. José Evaldo Neto/Gabriel Sidney (BRA) – 6/3 6/3

O 43º Banana Bowl é uma realização da Confederação Brasileira de Tênis com o apoio da Federação Catarinense de Tênis, da Federação Paulista de Tênis, do Itamirim Clube de Campo e do Clube Paineiras do Morumby. O patrocínio é dos Correios e o co-patrocínio é da Peugeot – montadora oficial da CBT, e Asics – marca esportiva oficial do tênis no Brasil. O apoio é da Baeza Eventos, Banco Volkswagen, EGA Solutions, Sincor, Enoteca Decanter, Prince, Puris Água Mineral, FMEL e Prefeitura de Itajaí. A supervisão é da ITF e da Cosat. A bola oficial é Tretorn. Mais informações no site oficial do torneio http://www.bananabowl.com.br e também em nossas mídias sociais Facebook.com/BananaBowl e Twitter.com/bananabowl.

Confira fotos das finais da categoria 18 anos do 43º Banana Bowl

Johan Tatlot e Louisa Chirico são os campeões de 18 anos do 43º Banana Bowl

Os campeoes Johan Sebastien Tatlot (FRA) e Louisa Chirico (USA). Premiacao 18 anos, Banana Bowl, no Itamirim Clube de Campo. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Os campeoes Johan Sebastien Tatlot (FRA) e Louisa Chirico (USA). Premiacao 18 anos, Banana Bowl, no Itamirim Clube de Campo. Crédito: Cristiano Andujar/Foto Arena

Itajaí/SC, 16 de março de 2013 – O 43º Banana Bowl conheceu neste domingo seus dois mais novos campeões da categoria 18 anos, com as conquistas da norte-americana Louisa Chirico na chave feminina e do francês Johan Sebastien Tatlot na chave masculina no Itamirim Clube de Campo, em Itajaí.

Louisa Chirico enfrentou a italiana Alice Matteucci na final feminina e não teve dificuldades para vencer a partida e conquistar o título com parciais de 6/1 e 6/1. Louisa Chirico obteve o sexto título de uma tenistas dos Estados Unidos na chave feminina de 18 anos do Banana Bowl, se juntando a Meilen Tu, Lilia Osterloh, Sarah Taylor e Beatrice Capra.

“Estou muito contente por ter vencido meu primeiro torneio ITF, foi muito legal. Eu joguei muito bem hoje, então estou muito feliz e muito empolgada. Estou com 16 anos e ainda posso jogar este torneio mais algumas vezes. É um grande torneio, eu gosto muito de jogar aqui, adoro o saibro e, sim, eu vou jogar”, afirmou Louisa Chirico logo após sua conquista.

O francês Johan Sebastien Tatlot enfrentou o principal favorito ao título, o italiano Gianluigi Quinzi, atual número 3 do ranking mundial ITF. Mais jovem que o adversário, Tatlot não se intimidou e conseguiu se impor para sair com o título de 18 anos masculino ao vencer com parciais de 6/3, 1/6 e 6/2.

Tatlot se tornou o terceiro tenista francês a conquistar um título da categoria 18 anos do Banana Bowl, se juntando a Paul-Henri Mathieu, campeão em 1999, e Mathias Bourgue, em 2001.

“Foi incrível para mim, foi excitante e inacreditável porque eu joguei muito bem nesta semana. Sim, eu voltarei no ano que vem com certeza para defender o meu título”, afirmou Johan Tatlot após a premiação.

Confira abaixo os resultados da categoria 18 anos neste sábado:

Semifinais – 18 anos masculino
Gianluigi Quinzi (ITA) d. Maxime Hamou (FRA), 1/6 6/3 7/5
Johan Sebastien Tatlot (FRA) d. Juan Pablo Varillas (PER), 6/3 6/2

Final – 18 anos feminino
Louisa Chirico (EUA) d. Alice Matteucci (ITA), 6/1 6/1

Final – 18 anos masculino
Johan Sebastien Tatlot (FRA) d. Gianluigi Quinzi (ITA), 6/3 1/6 6/2

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: